15 de abr de 2016

SEMANA EM LABUTA

Ela me toma
Como um saboroso copo com água.
Me mastiga
Como quem morde o chiclete.
Me aperta
Como uma espinha infame atrás da orelha.
Me bate
Como um pai enfurecido...
Amassa!
Rasga!
Destrói!
Estilhaça!
Cospe!
Suga!
Suga... suga...
A semana acabou.
Estou sem energias...
Sem forças...

Bendita vida desgraçada!

-Josyallenn Tavares

Share:

SONETO DE DESPEDIDA

Não vá me esquecer,
Me denegrir, expulsar de você.
Não vá me quebrar,
Partir, destroçar...
Não vá gritar,
Chorar, espernear.
Não chorarei,
Nem ao menos me cortar;
Não morrerei.
Vou tentar aguentar...
Vou guardar os segredos,
Seus desejos e medos.
Vou ficar,
Não vou mudar.
(Espero que você também não).
Vou me divertir, sair.
Você vai brincar, curtir,
Mas não vá esquecer de mim;
Eu não vou.
Quando percebermos,
O tempo passou, tudo se apagou,
O vento levou
Da mesma forma como ficou,
Ali, onde o amor um dia morou.

-Josyallenn Tavares

Share: