5 de dez de 2014

Ida

Era uma vez,
Uma vez que era,
Dois corpos em uma semisfera
E um deles de tamanha altivez.

Era uma vez,
Uma vez que já nem era,
Um dos corpos sofrendo à espera
Enquanto o outro sorria, por sua vez.

Foi-se uma vez,
O que de vez já nem queria mais,
A cabeça entregou ao capataz
E a alma se prendia com rigidez.

Pensou, então, talvez,
-E se eu tivesse deixado no meu peito aquela clava?
Ou se ao menos não ligasse que nem se importava?
Quem sabe assim 
Teria alguma parte de mim,
Que louco por ti distava.

E talvez então,
Só assim ainda haveria
O que tanto insistiu um dia,
Por loucura da paixão.

-Josyallenn Tavares

Share:

15 de set de 2014

Idas e Voltas

A boca fala o que o teu cheiro exala,
O coração sente o que outras bocas mentem.
O corpo treme pelo que o coração exalta,
A saudade é tanta que nem mais se sente.

A mãos suam e no peito bate
O desespero de uma solidão,
Os olhos choram, caem-se as lágrimas
Faz-se de águas salgadas todo o chão.

Corre o vento e se entrelaça
Mata a vontade de te ter,
Quando mais me desespero
Me dá vontade de te ver.

Sinto o cheiro no sofá,
Área, sala, quarto e cozinha.
Provo o gosto em meus sonhos
Da tua boca junto à minha.

Volta logo e não demores
Que a saudade me mata cada vez mais.
Se eu pudesse estar contigo agora,
Eu me sentiria mais em paz.

-Josyallenn Tavares

Share:

17 de ago de 2014

Viva!

Viva ao palhaço
Viva ao jornaleiro
Viva à vida
Viva o ano inteiro.

Viva à quem é bom viver
Viva mesmo sem vontade
Viva sem saber porquê
Viva com intensidade.

Viva de querer bem
Viva como quem já não tem
Viva de querer prazer
Viva de amor também.

Viva, porque sim,
Se não tem outro motivo.
Vivo ao acordar
Vivo ao dormir com o teu sorriso.
-Josyallenn Tavares

Share:

15 de ago de 2014

13 de ago de 2014

Manhã de Ternuras

Hoje acordei mais cedo,
Acordei e fiquei mudo.
Hoje o sol me presenteou,
Uma brisa forte-leve me soprou,
Vi o nascer de uma nova crença.
Vi brotar a inocência,
Como de uma criança que suspirou.

Vi em termos inteiros
Os pedaços de uma ilusão
Serem jogados na escuridão,
E assim serem esquecidos
Começando uma nova vida,
Respirando e maravilhado
Por uma nova vida que chegou.

Vi a paz e a ternura
Senti o beijo sem ferradura,
O doce mel sem amargura
O anjo celeste enviado por Deus,
Vi os meus sonhos ligado ao teus
Reparei e parei novamente...
(Passou um flash back na minha mente).
-Josyallenn Tavares

Share:

10 de ago de 2014

Poemas de uma noite perdida

Se eu ao menos sentisse
Se eu ao menos pedisse
Se eu ao menos ouvisse,
As coisas seriam muito mais súbitas aos meus sentidos,
Tudo deixaria de ser tão reluto para mim.
Se ao menos parasse de viver assim,
Colocar a cabeça no lugar e me erguer
Sem ao menos dor ou remorso,
Sem ao menos o gosto amargo,
Ou doce, salgado.
Se ao menos houvesse visão
Fora de toda e qualquer razão,
Se eu ao menos fosse eu
Não deixaria de lutar
Mesmo tendo à deixar morrer
O que à dias insistia em ter.
-Josyallenn Tavares
Share:

28 de jul de 2014

Você


Você, com seu jeito terno
Às vezes bagunçado,
Me quer ter perto
Mas me deixa de lado.

Você, com seu sorriso
Todo aberto,
Se abre e me quebra,
Desaba o meu teto.

Você, com seu cheiro
Exalando forte perfume,
Mas lúcido e perfeito
Do que um desfile de cardumes.

Você, com seu toque
Forte e ao mesmo tempo leve,
Me deixa irritado e acalma
Meu coração como leque.

Você, que não fala
Mais do que precisa,
Se vê que não dá
Então logo arrisca.

Você, que é brava
Forte como um leão
Mas tão triste quanto um coelho
No seu buraco de solidão.

Você, que fala coisas bonitas
Que adora amar a vida,
Mas não acorda pra poder ver
O quanto o mundo te intriga.

Você, que estressa fácil
E perde todo o seu pavio,
Explode como bomba em minhas mãos
Destruindo o que existiu.

Você, que renova minhas forças
Que se confunde em gritar,
Quando no fundo do meu coração
Só queria te amar.

Você, que me enlouquece
E não me deixa dormir,
Você, é quem eu amo
E não quero te deixar partir.

Você, que já tanto faz
Do mesmo modo como tanto fez,
Você que não se cura dessa lepra
E se torna feliz de uma vez.

Você, que vive livremente
Com mais babados do que uma anágua,
Mas não enxerga a liberdade
Vivendo do que te faltava.

Você, é...

Linda, cativa,
Esplêndida, formosa,
Flor, terra,
Brilhante, charmosa.

Forte, confiante,
Brava, lutadora,
Amável, intrigante,
Valente, vencedora.

Pensativa, veloz,
Sorridente, audaz,
É minha, e eu sou seu
E não seremos de mais ninguém,
Jamais.


-Josyallenn Tavares

Share:

20 de jul de 2014

Decisão

Hoje eu levantei e lavei o rosto mais uma vez
Abri os olhos e vi como a vida se tornou.
Vi como as coisas mudaram com o tempo,
E com o vento me contento.
Pois se ontem fez chuva, amanhã é temporal.
A minha vida já nem melhora,
Tudo vai de mal à mal.
Se não fazes nem questão de olhar meus versos,
Então não vou ter medo de escrever aqui
O que sinto e pestanejo ao dizer,
Que o quanto te amei esse tempo não foi pouco,
Que sou um vírus incomodativo,
Que sou apenas uma passageiro entre duas pessoas,
Que tudo pode se resolver e você decidir escolher.
...
Se for ele, não vou me contentar
Mas também vou deixar a sua vida da forma como deveria estar.
Vou sumir como o grito em um velho e profundo abismo;
Vou sempre lembrar de você,
Vou sempre tentar te esquecer,
Triste é saber que não vou conseguir,
Triste é saber, que mesmo assim,
Você está dividida entre ele e "mim". 
-Josyallenn Tavares
Share:

8 de jul de 2014

Violenta

Quando acordei pela manhã,
Não vi o mesmo sol que via antes,
Não senti o mesmo vento que me tocava,
Não pude ao menos sentir o chão...
Se é que teve um chão aqui.
Abaixava a cabeça pra não pensar,
E só de tentar, eu já estava pensando.
Só por me alegrar, eu já estava chorando...
Que foi mentira, eu sei que não,
Que tudo que eu falei e falo não é em vão.
É verdade no meu coração,
É um rugir de coragem e de medo,
É uma paz em uma palavra falada,
É uma sensação num sentimento sentido,
Às vezes até parece um gemido.
Mas é que a verdade de tudo isso...
É que amo deitar do teu lado,
Amo o seu jeito de brigar comigo,
E quando saio e você bate a porta,
E me deseja um boa noite como ninguém,
E quando nos vemos um no olhar do outro,
E quando você se prende e insiste em negar,
Mesmo sabendo que o seu coração só deseja ser amado, e amar...
Quando você me liga antes de dormir,
Quando recebo uma mensagem sua dizendo:
"Bom dia meu bem..."
E mesmo não estando, quando eu te vejo já me sinto bem.
Meu coração bate, parece pular, e você sabe,
Minha boca treme, querendo te beijar,
E meu amor cresce...
Parece até nesse mundo não mais estar.
-Josyallenn Tavares
Share:

27 de jun de 2014

Pensamento de Dois Dias

Um grande chute na parte traseira era o que eu precisava nessa hora,
Talvez até um empurrão dentro de uma piscina enorme de gelo.
Talvez, quem sabe, talvez... dormir e não acordar,
Meditar, me fechar, relaxar...
Já fui pequeno, médio, e aqui eu parei
Já repeti de ano, por descuido, por que não estudei.
Já cai, ralei a cara, mas me levantei,
Mas se eu aprendi alguma coisa...
Coisa alguma eu no momento sei.
Aquela musica ao violão toca em meu peito,
Sinto a brisa mesmo estando do outro lado do vidro,
Sinto o seu beijo, mesmo estando do outro lado do mundo,
Sinto que não sinto nada, e quando percebo o que senti...
Na verdade foi só saudade, amor.
O tempo à noite é o único que tenho para refletir aqui, na sarjeta
Ouvindo o zumbindo do rádio transmissor
Sentindo uma grande dor
(Quisera eu ser mesmo sem pudor)
Quisera eu, ser aquele que tem só pra mim o teu amor...
Quisera eu mesmo antes de pensar em te querer,
Te ter pro resto da vida e contigo viver.
-Josyallenn Tavares

Share:

25 de jun de 2014

Quem Sabe, Eu

Ontem, pela noite, me perdi.
Entre passos e choros,
Entre versos e coros,
Fiquei uma noite sem ti.

E na esperança de te encontrar
Encontrei-me dentro de mim,
Gritei, não consegui fugir,
Tentava parar de pensar.

Vi-me só novamente,
Com a brasa me aquecendo,
O frio me entorpecendo,
E com aquela saudade
Que só sabe quem sente.

Ontem me perdi sem saber por quê
Mas depois me achei,
E tudo de mais eu deixei
Só pra poder te encontrar,
E nos teus braços estar.
A cabeça baixei,
Fingi que não senti,
E um sorriso eu dei.

Ontem encontrei meu medo,
Hoje eu só vejo coragem.
Destruí toda maldade,
Dia à dia matando meu desejo,
Cada vez mais pensando no teu beijo
E fugir contigo da cidade.

Hoje sou paz; Calmaria.
Ontem fui só preocupação, sem alegria.
A chuva que o vento levou,
A lágrima que tua mão secou,
A palavra que nunca se falou.

Ontem, eu era só eu.
O meu pensamento? Só meu.
Hoje sou forte, sincero,
Às vezes até singelo,
Quem sabe de ti, Julieta,
Seja eu "Gnomeu",
Quem sabe talvez não saiba de nada,
Quem sabe amanhã eu seja teu.
-Josyallenn Tavares


Share:

6 de mar de 2014

Violeta

No silencio da masmorra
Eis que se perdeu um grito meu.
Num bar qualquer ao som de um piano
Ouço baixinho ser pronunciado o teu nome,
Ouço... mas ele logo some.

O deserto das ruas noturnas
Molhadas pela água da chuva,
Com apenas as luzes de postes como amigas.
Sinto a tua falta, oh querida minha.

Poderia deitar em qualquer desses bancos de praça
E esperar paciente a morte vir me acordar,
Ou o guarda vir me apanhar.

Poderia deitar em teus braços e dormir,
Poderia tentar sentir teu cheiro, sem me iludir.
Poderia apenas sorrir, por você estar aqui,
Poderia fingir minha morte para ver se preocupas à ti.

Lembro daquela noite como hoje
Que nossos olhares dançaram como rosas no jardim.
As nossas mãos se tocaram, e sem querer
Meu coração palpitou fortemente, sem fim.

E naquele abraço, senti o teu pulsar junto ao meu
Então fechei os olhos lentamente
Tentando aproveitar aquele momento como único
Tentando não chorar por te amar perdidamente.
-Josyallenn Tavares

Share:

2 de mar de 2014

Mãos

Oh, quão terna e tão bela
São nossas mão entrelaçadas,
O contraste caramelado
E os dedos afinados,
Em uma só sinfonia inacabada.

Trocas de perfumes,
Odores inesquecíveis.
Dor momentânea repelida,
Sorrisos com palavras destorcidas,
Abraços com saudades invisíveis.

Toque que palpita o coração
Voz que acalma sem hesitação,
Ar que respira sem se ver
Beijo que se sente sem saber,
Lembranças que se tem sem querer.

Como um refluxo de dentro para fora,
Como o suave brilho da aurora.
Como o espinho do ouriço que fura,
Como o teu sorriso que me tortura.
Assim são nossas mão,
No mais entorpecer de toque da loucura.
-Josyallenn Tavares
Share:

19 de fev de 2014

Tentutiter


Eu sinto a sua falta
Eu sinto o seu cheiro,

Eu vejo o seu rosto,
Mas perto de mim não vejo nada.
Eu penso em seu corpo,
Penso em seus lábios,
Penso na meia platina
Penso no dourado,
penso em cada fio de cabelo
Viajo em cada emaranhado.
Me ausento de mim
Procuro me ver dentro de ti
Perto, mesmo longe,
Feliz, mesmo triste, até saudoso...
Tento fugir, tento esconder
Tento até mesmo evitar meu pensamento libidinoso.
Tento te ter, quero te ver de novo
O coração já quase não suporta tanta saudade,
O corpo já não desiste; te quer com vontade
As mãos tremulas, assim, decidem;
Te tocar, te abraçar
E poder assim, criar um pra sempre
Sem que possa mais nada fantasiar.

Josyallenn Tavares


Share:

1 de fev de 2014

Á Ti Com Amor

Eu te amo
Mesmo você não querendo
Mesmo você "não sabendo",
Eu te amo.
Você me quer como amigo;
E eu te entendo.
Amo o desejo de te ter como louca em meus braços,
Assim como amo seu olhar como um laço
Amo sua compreensão de viver
Os finais infelizes que você ama dizer.
Amo o suspiro da sua boca
Que sai ao dizer "oi".
Amo, e te quero hoje,
Sem pensar em deixar pra depois.
Amo o teu lar, a tua roupa,
Amo o seu beijo, sua voz quando fica rouca,
Amo sua saúde, sua doença
Amo a sua alegria, e sua tristeza.
Quem tu amas, não sou eu,
Eu que te amo, quero ser teu.
Tu porém , não consegue ver amor quando eu,
Digo que te amo
Declarando, e me entregando, ser todo seu.
                                                    -Josyallenn Tavares-

Share:

28 de jan de 2014

Antigo Anacronismo

Desabrocha mais uma vez,
Vindo de outrora,
Os ventos trazidos pelo oriente
As belas luzes coloridas da aurora.

Sente em teu peito novamente
Um bater ardente e forte
Sente seu corpo leve e solto
Sente sua alma longe da morte.

A língua sente, lugar por lugar
O nariz cheira um suave odor no ar.
A mão tateia, mas não sabe onde parar,
A veia pulsa como quem não consegue mais aguentar.

O fraco de ontem, se torna o homem de hoje
A criança que ontem chorava;
Hoje já sabe muito bem o caminho
Já provou o que a vida tinha à oferecer,
Já se inibiu sem na verdade se entorpecer,
Já viajou, mas na verdade só queria viver.

Hoje aquelas mãos tocam com mais força
O peito bate; forte mente.
Os calos saram,
O que a vida fez com a gente.

Por isso não tardes,
Por isso não chore,
Por isso ou aquilo,
Seja você, seja forte!

                                     Josyallenn Tavares
Share:

4 de jan de 2014

A Falsa Felicidade

Se eu sair não vai adiantar
Festejar, beber , me divertir
Nada disso vai fazer passar...
Pode até aliviar
Mas quando vem, tira todo o meu ar
Não faz cessar,
Não "coisa", e não "pá"...
Vem, e rasga
Vem e abre mais a cicatriz.
Vai, pois és uma meretriz
Vai, pois assim não dá mais
Vai Felicidade, e fica em paz
Volta de onde tu veio.
Pois em meu peito, já não mais te anseio,
Desejo que volte para os outros braços vão
Do que lhe ter como amiga
Enquanto tu vai furando as minhas mãos;
Junta os meus pés, e prende-me em uma madeira
De um velho barco, um convés.
Convenha junto a mim,
E tire logo após a sua própria conclusão
Pois sei que meu sofrimento pode não ser eterno,
Mas meu amor e carinho, por ti, são.
-Josyallenn Tavares-

Share: