26 de jun de 2012

Sexôr

Entre olhares, prazeres...
O suor que desce em seus corpos
A lágrima de dor que surge para lavar a alma
As vozes se calam; o gemido, sussuros...
O rangêr do leito de sono
Uma penetração a mais,
Orgamos total, loucura
A mente paira no ar,
As mãos, firmes, se apertam...
E no fim...
Se deitam,
Se olham,
Se beijam...
Se amam.

Share:

0 comentários: